Aprendendo com Michel Jackson



Estes últimos dias têm sido de reflexão para mim, visto que faleceu na semana o chamado “rei do pop”, não que eu gostasse muito de suas músicas, mas tenho uma grande admiração pela sua história, e com a sua morte, muitas pessoas no mundo todo foram levadas a pensar sobre o final de toda existência terrena, o caminho por onde ele passou, que já fora trilhado por tantos e que ainda será conhecido de muitos. Ele era o tipo de pessoa que agente acha que nunca vai morrer, um ser humano que teve a sua história toda acompanhada pela mídia, que se inspirava no Peter Pan mas diferente de seu personagem favorito, morreu velho.
Ficam fãs, família, dívidas, e foi para a eternidade sem levar nada do que conquistou. Bem que a Bíblia já adverte que somente as nossas obras nos acompanham, e infelizmente para testemunharem contra nós.
Podemos aprender com Michael? Acho quem mais com a sua morte do que com a sua vida.
Existe uma condenação que paira sobre o homem. A sentença já está dada e não pode ser revogada pelo réu, apenas ainda não foi executada. Existe uma porção de ira divina sobre cada ser humano na face da terra e Deus assim como nos dias de Noé só está esperando que os escolhidos se refugiem na arca que é Cristo para pôr um fim à maldade e orgulho humanos. Há um inferno em chamas que não se cansa de consumir, onde o fogo não se apaga e o bicho não morre e o que nos separa deste terrível e merecido tormento é um fio de cabelo chamado vida, que pode se romper a qualquer momento, quando vem a morte e é cumprida a sentença.
A certeza destes fatos acompanha e o perturba ate que ele busque algo para se distrair e calar momentaneamente a sua consciência. As distrações são muito perigosas, pois não vale à pena ignorar o que pode lhe ocorrer ainda antes de terminar a leitura deste texto.
Fama, dinheiro, poder. Tudo isto ridículo diante de Deus. Compensa ter o mundo inteiro e perder a própria alma? De que vale ser conhecido no mundo inteiro e na ser conhecido do Senhor? De que adianta ter a mais linda sepultura com o mais belo epitáfio se a morte iguala os homens em sofrimento e dor eternos?
Amado leitor, desperte para a realidade da vida e morte eterna! Quem o ensinou a fugir da ira que está por vir? Você acha ser possível enganar a Deus? Pensa que caridade e boas obras são suficientes para fazer com que Deus se esqueça dos seus pecados?
Amigo, não se iluda! O diabo quer que você se ache bom o suficiente para não padecer no inferno mas a Bíblia diz que todos estão afastados da glória de Deus, e isto inclui você. Não se assuste com a verdade. Os dias dos homens passam como vapor e logo você estará também sentindo a ira de Deus por não ter recorrido a Cristo e ter dado as costas ao único sacrifício que poderia te salvar. Só há um caminho para a salvação: a cruz, assim como só há um caminho para a perdição; a desobediência.
A igreja começou pregando arrependimento e deve subir para a glória pregando arrependimento.
“Salvai-vos desta geração perversa”. At 3.40

Em Cristo, Luis Paulo Silva