Pages

Entendendo a provação


Diante de situações desafiadoras da vida, nos achamos muitas vezes como derrotados antes do final da história. Tudo parece conspirar contra você? Qual tem sido a sua oração?
Pregadores triunfalistas modernos têm difundido na igreja a idéia de que o cristão deve de qualquer forma levar uma vida sem sofrimento e que qualquer dificuldade na vida do cristão é culpa do diabo e do cristão que deve estar em pecado, ou talvez não tenha entregado o dízimo, ou talvez não tenha feito aquela "corrente" poderosíssima pra lhe abrir os caminhos da saúde, da prosperidade, do amor, e por aí vai.
A igreja têm se enchido por causa deste tipo de ensino de pessoas que estão fugindo das tribulações da vida, e que a cada momento se culpam por não ter fé suficiente e por isto não alcançam as bênçãos de Deus.
Estive pregando numa igreja neste final de semana, e Deus me direcionou a falar sobre oração e a vontade de Deus. Logo de cara já se deduz que não foi um culto tão barulhento como seria se o tema fosse determinação e benção, ou profetizar a vitória, enfim, parece que quando se prega a Palavra de Deus assim como ela é as pessoas de início não se agradam como seria o ideal.
Usei como base a história de Ana encontrada no livro de 1 Samuel cap. 1, onde a Bíblia diz que que "o Senhor lhe havia serrado a madre".
Se Ana vivesse nos nosso dias com certeza alguém diria a ela que fosse pedir oração para o profeta x ou y. Talvez alguém fosse determinar a bênção na vida dela ou diria que o diabo estava impedindo a felicidade dela. Alguns pregadores possivelmente diria à Ana que lhe faltava fé, por isso é que não tinha sido abençoada ainda.
A verdade é que Deus não queria que Ana engravidasse por enquanto. É incrível como pessoas que dizem ter entregado suas vidas nas mãos de Deus e professam confiança n'Ele, vivem com medo do diabo, achando que tudo que acontece de errado é culpa do inimigo.
É uma questão de lógica: se estou nas mãos de Deus, só pode acontecer comigo o que Ele quiser.
O cristão que conhece a Palavra de Deus não pede para Deus o livrar de uma luta antes de perguntar o que ele precisa aprender com isto. Sair da provação antes do tempo seria um atrofiamento espiritual.
Há quatro meses passei por algo assim. Meu filho nasceu e foi direto para a UTI e a família inteira ficou muito preocupada em especial eu e minha esposa que chorava muito por não poder levar o nosso filho pra casa e também por vê-lo dia após dia com agulhas nos braços, oxigênio, enfim, foram dias terríveis para nós.
Em meio à tanta dificuldade alguém me disse: "Luis Paulo, você deve orar à Deus e dizer que você não aceita o seu filho nesta situação, você tem que determinar a cura dele, etc."
Confesso que na hora do desespero a gente realmente pensa muita coisa errada, e até me ajoelhei com o propósito de orar desta maneira, mas logo ao iniciar a oração eu me senti mal em pronunciar estas palavras diante de Deus. Aprendi a melhor lição que poderia. Se Deus tirasse o meu filho daquele lugar no mesmo momento em que eu orasse, eu perderia a oportunidade de aprender mais d'Ele, e com certeza passaria por mais tribulações futuramente.
Minha oração naquele dia foi mais ou menos assim: "Senhor, a minha vida está em tuas mãos, assim como a vida do meu filho. Enquanto o Senhor quiser que ele esteja aqui, eu também o quero. Me ajude a aprender tudo o que o Senhor quiser me ensinar com esta situação, se quiser levá-lo, ele é seu, se quiser deixá-lo e com saúde, esta é a minha vontade, mas seja feito o que o senhor quiser...".
Este é o resumo da minha oração. Dias depois eu estava com o meu filho nos braços e seria outra pessoa se não tivesse passado por isto. A dificuldade foi um presente que Deus me deu.
A doença só pode te alcanças se Deus permitir, e é lógico que ele vai se você não se cuidar corretamente. A pobreza só vai te assolar se Deus permitir e é lógico que você será assolado por ela se não souber utilizar-se de forma correta do dinheiro.
Concluindo, faça a sua parte. Peça se quiser receber. Trabalhe se quiser dinheiro, se cuide se quiser saúde e deixa que Deus sabe muito bem o que fazer por você, para você e através de você.

Em Cristo,

Luis Paulo Silva.