Pages

Um lugar para Cristo - Reflexão baseada no hino 481 da Harpa Cristã

A história que a Bíblia narra sobre Jesus, mostra que em quase todos os momentos de sua vida, ele foi rejeitado pela maioria. Isaísas disse: "Era desprezado, e rejeitado dos homens; homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum"(Is 53.3).
Ao nascer, José e Maria procuraram nas pousadas de Belém algum lugar onde pudessem passar a noite, e o único lugar que encontraram foi uma estrebaria. Por isto disse Paulo em Filipenses 2.9:

"Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo".

Durante o seu ministério, Jesus não tinha onde reclinar a cabeça. Por muitas vezes teve de fugir por causa dos judeus que o queriam matar. Poucas vezes foi Jesus recebido com alegria.
Em sua morte, Jesus não tinha um sepulco, precisou ser sepultado num de José de Arimatéia, e mesmo o pano no qual foi enrrolado não era seu.

No livro de Apocalipse Jesus diz: "Estou à porta e bato...". Esta mensagem foi escrita à uma das sete igrejas que estavam na Ásia e não à alguém que não conhecia a Cristo. Isto mostra que mesmo pessoas que frequentam igrejas e têm uma vida religiosa muitas vezes deixam Jesus do lado de fora.

Analise que Jesus não fez questão de nascer num palácio, ou de andar em nobres cavalos durante seu ministério. Jesus não se preocupou em comprar um sepulcro, mas quando se refere ao coração do homem, ele bate à porta, faz questão de estar lá.
Alguns benefícios acompanham aqueles que em suas vidas acolhem o Filho de Deus, pois como diz a Palavra de Deus, quem recebe a Jesus se torna também filho de Deus:

"Estava ele no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, e o mundo não o conheceu.
Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.
Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus" (João 1.11-12)
"Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada." (João 14.23)

Jesus não teve lugar no mundo, mas promete um lugarespecial, à todos que o recebem e que fizerem de seus corações a morada de Deus:

"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, credes também em mim.
Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar.
E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.
E para onde eu vou vós conheceis o caminho.
Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?
Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." (João 14.1-6)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário é muito importante, fique a vontade mas sempre que possível, deixe assinado o seu nome.