Pages

Deus tem mãe? A verdade sobre Maria.




A Bíblia relata que Jesus Cristo nasceu de uma virgem chamada Maria, escolhida por Deus para tal finalidade. Diz também a Palavra de Deus que José não a "conheceu" ATÉ QUE JESUS NASCESSE (conforme Mateus 1.25), isto é, após isto com certeza eles mantiveram relações sexuais como qualquer outro casal. Disto nasceram outros filhos, que são citados nas escrituras (Mateus 13.55; Gálatas 1.19), diferente de João Batista que era primo de Jesus. Além disto, disse Lucas em seu evangelho no capítulo 1 e verso 7: “...e ela (Maria) deu à luz a seu filho primogênito”. Caso Jesus fosse filho único seria chamado “unigênito” assim como é descrito quando dito filho de Deus. Lucas, quando escreveu a história de Jesus conhecia aos irmãos de Jesus, por isto disse primogênito de Maria e não unigênito.
Jesus já existia antes de seu nascimento como homem (João 1.1-3; João 17.5), compartilhou a criação do mundo com o Pai (João 1.3; Colossenses 1.15-17), que é Deus e segundo o Evangelista João, "o Verbo era Deus".
Sabendo disto, entendemos que Maria mãe de Jesus era a mãe do homem Jesus, de sua carne, mas seu espírito divino, isto é, o Cristo eterno já existia e não tem mãe, só Deus que é o seu Pai.
Na ocasião de seu primeiro milagre Jesus responde asperamente à sua mãe: "mulher, que tenho eu contigo?" para deixar claro que a ela não cabe o papel de interceder por qualquer pessoa. Embora muitos façam a ela orações e solicitem: “rogai por nós pecadores”, a Bíblia Sagrada afirma que há somente uma pessoa que faz comunicação entre nós e o pai, e só ele pode interceder a Deus pelos nossos pecados: Jesus!
Veja o que diz 1Timóteo 2.5 e 1João 2:
“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.”
“MEUS filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.”
É importante raciocinar sobre o seguinte ponto: Como Maria sendo um ser humano comum em essência poderia ouvir a oração de tantos fiéis católicos? Para que isto fosse possível, ela deveria ter um atributo que só Deus possui: onisciência. Isto é, para poder ouvir tantas orações em tantos lugares diferentes inclusive algumas feitas em sussurros. Só Deus pode ouvir os pedidos do coração do homem (Salmos 139).
Maria num momento de fraqueza chegou a tentar impedir o ministério de Jesus, chegou a procurá-lo para prendê-lo, pois achava que Jesus estava louco, ou quem sabe tivesse medo de que ele fosse apedrejado. Chegando recebeu a seguinte mensagem: "minha mãe e meus irmãos são aqueles que fazem a vontade do meu pai, que está nos céus". Isto fica claro no texto que transcreverei na integra para que o leitor não pense que não tenho base bíblica para tais afirmações:
Marcos 3.20-34:
20 E foram para uma casa. E afluiu outra vez a multidão, de tal maneira que nem sequer podiam comer pão.
21 E, quando os seus ouviram isto, saíram para o prender; porque diziam: Está fora de si.        
22 E os escribas, que tinham descido de Jerusalém, diziam: Tem Belzebu, e pelo príncipe dos demônios expulsa os demônios.             
23 E, chamando-os a si, disse-lhes por parábolas: Como pode Satanás expulsar Satanás?
24 E, se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir;          
25 E, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir.                    
26 E, se Satanás se levantar contra si mesmo, e for dividido, não pode subsistir; antes tem fim.          
27 Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não maniatar o valente; e então roubará a sua casa.    
28 Na verdade vos digo que todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, e toda a sorte de blasfêmias, com que blasfemarem;
29 Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas será réu do eterno juízo 30 (Porque diziam: Tem espírito imundo).        
31 Chegaram, então, seus irmãos e sua mãe; e, estando fora, mandaram-no chamar.
32 E a multidão estava assentada ao redor dele, e disseram-lhe: Eis que tua mãe e teus irmãos te procuram, e estão lá fora.  
33 E ele lhes respondeu, dizendo: Quem é minha mãe e meus irmãos?  
34 E, olhando em redor para os que estavam assentados junto dele, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos.
O versículo 21, explica o motivo da visita da mãe e irmãos de Jesus e justifica o tratamento dispensado a eles. Eles estavam lá para prendê-lo, por que não criam em Jesus. Por isto podemos ler no versículo 35: “Portanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão e minha mãe.
Para um leitor atento da Palavra de Deus, isto não é novidade, pois em outra citação vemos os irmãos de Jesus mandando-o para Jerusalém para se livrarem dele, pois mesmo depois de ver os milagres que Jesus fazia, não criam nele ainda:
Veja João 7.1-5:
1 E DEPOIS disto Jesus andava pela Galiléia, e já não queria andar pela Judéia, pois os judeus procuravam matá-lo.       
2 E estava próxima a festa dos judeus, a dos tabernáculos.         
3 Disseram-lhe, pois, seus irmãos: Sai daqui, e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes.       
 4 Porque não há ninguém que procure ser conhecido que faça coisa alguma em oculto. Se fazes estas coisas, manifesta-te ao mundo.        
5 Porque nem mesmo seus irmãos criam nele.
Perceba a malícia dos irmão de Jesus ao instigá-lo a ir a um lugar onde os judeus queriam matá-lo.
Para fechar com chave de ouro, maisum texto que cita os nomes do familiares de Jesus, e a declaração de Jesus sobre a falta de fé que encontrara em seu próprio lar:
Mateus 4.54-58:
54 E, chegando à sua pátria, ensinava-os na sinagoga deles, de sorte que se maravilhavam, e diziam: De onde veio a este a sabedoria, e estas maravilhas?
55 Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, e José, e Simão, e Judas? 56 E não estão entre nós todas as suas irmãs? De onde lhe veio, pois, tudo isto?       
57 E escandalizavam-se nele. Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra, a não ser na sua pátria e na sua casa.       
58 E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade deles.
Judas e Tiago se tornaram discípulos de Jesus. Tiago se tornou líder da igreja de Jerusalém (Atos 15.13; Gálatas 1.19) e Judas também sendo um dos líderes da igreja primitiva chegou até a escrever a epístola que leva o seu nome e faz parte do Novo Testamento.
Conclusão
Maria tem ocupado um lugar que não é dela nos cultos católicos. Ela foi uma mulher de valor, mas não a ponto de substituir ao próprio Jesus nas tarefas que só Ele pode realizar. Minha oração sincera é que os amigos católicos que realmente se importam com a salvação de suas almas se atentem mais ao que diz a Bíblia e menos ao que diz a sua religião. Vale a pena ler a Bíblia em busca de verdade, ela não nos deixa errar em nossa convicções, nunca.